Home / Notícias e Destaques / Caiado diz que fará governo compartilhado e buscará a pacificação
.

Caiado diz que fará governo compartilhado e buscará a pacificação

O governador eleito, Ronaldo Caiado (DEM), afirmou que fará um governo compartilhado com a população. Ele também se comprometeu a fazer uma gestão transparente, sempre com diálogo com a sociedade e apresentando soluções com parcerias com o setor privado, Sistema S e entidades de classe. O democrata ainda foi enfático ao dizer que sua equipe será pautada no espírito público qualificação e apresentação de resultados e que não terá um governo dividido politicamente; buscará a pacificação. Caiado enfatizou que governará para todos os goianos e chamará a oposição para o diálogo em nome de um projeto para recuperação do Estado.
“Todos nós temos que ter a humildade em dizer que é um momento de responsabilidade enorme, não posso decepcionar o goiano. Por isso, saberei fazer um governo compartilhado no sentido de conversar com a população. Vou mostrar a situação como está ocorrendo, o que está sendo feito. Vou buscar muito convênios com setores da iniciativa privada. O Sistema S vai entrar em tempo integral. Outros segmentos também, entidades de classe “, afirmou. As declarações foram dadas durante entrevista ao programa Jackson Abrão Entrevista, no site do jornal O Popular.
Caiado acredita que a oposição, a partir de um espírito público e de suas credenciais concedidas por uma votação de ampla maioria do povo, irá aprovar projetos importantes na Assembleia Legislativa. “Tenho certeza de que naqueles programas em que o goiano me deu quase 60%, eu estou credenciado para apresentá-los. Eu espero que, num gesto suprapartidário, seja o interesse do goiano que tenha o apoio da Assembleia Legislativa, numa ampla maioria, e que possamos fazer um momento de reconstrução da estrutura política no Estado de Goiás”, assegurou.
Composição do governo 
Sobre a escolha da equipe, Caiado explicou que a política será fundamental, mas haverá uma escolha pela competência e capacidade técnica para ocupar o cargo. A era de apadrinhamento chegou ao fim em Goiás. “(Serão escolhidos) técnicos qualificados, pessoas preparadas, pessoas que estão ali para mostrar o melhor que tem, pessoas com espírito público para ajudar a recuperar o Estado de Goiás. São critérios que saberei avaliar para colocar em cada cargo quem possa responder pela função com qualificação e reconhecimento, não por apadrinhamento”, pontuou.

Veja Também

Secretaria de Governo tem novo titular

  A mudança de secretário ocorre pouco menos de três meses antes do término da ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *