Home / Blog do Ademir O Mago / CHEGAMOS AO DIA D
.

CHEGAMOS AO DIA D

Depois do dia 11 de maio quando se deu o afastamento temporário da presidenta Dilma Rousseff, há 144 dias, que o Brasil de fato, viu uma governante legitimamente eleita ser afastada em um julgamento político e sumário, orquestrado pela grande mídia, pela direita brasileira e pelo arranjo do TCU e comandado por um marginal que já teve seu destino selado com sua cassação, o ex-presidente e ex-deputado Eduardo Cunha, chegamos ao dia das eleições.

O que em outros tempos seria uma grande festa cívica e democrática, constitui hoje em perigo de eleição dos piores, em razão do clima criado pelos perdedores da eleição de 2014 e pela mídia no afã de tirar o PT do poder e até de acabar com o partido.

Não vou entrar no mérito dos erros ou de fatos que levaram ao afastamento da presidência e tampouco se foi com ou sem razão, pois a intenção do artigo é registrar o fato e o risco que corremos com e nas eleições 2016.

Em primeiro lugar, as regras estabelecidas por uma pseudo reforma eleitoral e a com redação dada por resoluções do TSE, que tem força de lei e depois ainda emendadas por TAC’s elaborados a bel prazer do despreparado MP Estadual nos Municípios, também criando regras e pondo terror nos incautos advogados eleitorais, os obrigando a regras estupidas.

Aliado a isso, o despreparo da maioria dos nossos candidatos e partidos, que não se prepararam para as eleições e não atentaram para as mudanças nas regras e foram para elas, sem estrutura ou planejamento, o que aliás é muito comum no Brasil.

Além dos fatores citados, tivemos o aparecimento dos “especialistas em legislação eleitoral” e dos “marqueteiros” que transformaram essas eleições no maior festival de besteirol e baixarias que se tem notícias, não se importando com a honra das pessoas, bem como com a ética, transformando gente de bem em bandidos e bandidos em heróis.

Ainda bem que esse ano a ABCOP (Associação Brasileira dos Consultores Políticos) retirou da nossa categoria, a denominação de marqueteiros, há muito já discutíamos o que erámos marketólogos, consultores políticos, não somos criadores e ou destruidores de imagens e honras dos nossos clientes e sim quem mostra caminhos com base científica os caminhos de uma campanha, os caminhos da vitória.

Por tudo isso e por tudo que vivi nessa campanha, é que temo que o resultado de hoje tenha como consequência a eleição de muitos dos piores e que não deveriam estar, entrar, permanecer ou estar na política.

Em razão disso para encerrar publico o que recebi de um candidato a vereador em Palmas: Que nesse 02 de outubro deixemos de ser tão 12 de outubro e sejamos mais 7 de setembro, pois só com muito 1° de maio o nosso Brasil não será um eterno 1° de abril. Vote consciente!!

VAMOS AS URNAS !

Veja Também

TRINTA E CINCO OU TRINTA E SETE VEREADORES, NÃO SIGNIFICARIA NADA, ALÉM DE SURTO ÉTICO INÚTIL

O episódio do aumento do número de vereadores na Câmara Municipal de Goiânia, mais uma ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *