Home / Cidades / Dia Internacional contra a Discriminação Racial tem ato Goiânia
.

Dia Internacional contra a Discriminação Racial tem ato Goiânia

 

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas (SMDHPA), realizou nesta terça-feira, 21, ato na Praça do Bandeirante, no Setor Central, para lembrar o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial.

O evento, de acordo com o titular da SMDHPA, Filemon Pereira, teve o objetivo de dar visibilidade à luta contra o racismo. “Essa mobilização na rua é nova e importante para dar visibilidade às lutas contra o racismo, que precisa ser combatido diariamente. Além disso, também estamos aqui porque acreditamos que as políticas afirmativas são importantes, pois são o reflexo de uma luta que almeja justiça social para todos’, afirmou.

Presente no evento, o superintendente de Igualdade Racial da SMDHPA, Marco Antônio, lembrou que é dever do poder público combater qualquer tipo de discriminação. “Agradeço ao prefeito Iris Rezende por ter dado continuidade à SMDHPA, pois ela é uma pasta que cuida do ser humano e combate o preconceito. Estamos aqui hoje porque entendemos que extirpar o racismo e promover igualdade é dever do Estado e uma luta constante de toda sociedade”, disse.

Em seguida, o gerente de assistência às vítimas contra o preconceito, também da SMDHPA, Dilmo Luís Vieira, lembrou que o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em referência ao Massacre de Sharpeville. No dia 21 de março de 1960, em Joanesburgo, na África do Sul, 20 mil pessoas protestavam contra a Lei do Passe, que obrigava a população negra a portar um documento que continha os locais onde era permitida sua circulação.

Durante a manifestação, 69 pessoas foram mortas e outras 186 ficaram feridas por repressão das forças policiais do país. “Somos a maior população negra fora do continente africano e sabemos que o racismo continua matando. Por isso, nossa luta é porque queremos um Brasil para todas e todos, um mundo para todo mundo”, salientou.

Na ocasião, os colaboradores da SMDHPA entregaram aos cidadãos que passavam pelo local o Estatuto de Igualdade Racial, lei especial do Brasil, promulgada em 2010, que contém um conjunto de regras e princípios jurídicos que visam coibir a discriminação racial e estabelecer políticas para diminuir a desigualdade social existente entre os diferentes grupos raciais. Houve ainda apresentações culturais de hip-hop, rap e dança.

O evento contou com a participação de movimentos negros, sociais, indígenas, de religiões afro-brasileiras, de representantes da Central Única dos Trabalhadores e de alunos do Centro Salesiano do Adolescente Trabalhador de Goiás (Cesan-GO).

 

Veja Também

Propaganda eleitoral no rádio e tv termina hoje

Nesta sexta-feira (26) serão exibidos  os últimos programas do horário eleitoral gratuito no rádio e ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *