Home / Esporte / GOIÁS DE TÉCNICO NOVO
.

GOIÁS DE TÉCNICO NOVO

Para comandar o time na Série B, o Goiás está de treinador novo,  o nome escolhido é o de Sérgio Soares. Silvio Criciúma continua no comando do Goiás até o final da participação dotime no Campeonato Goiano.

Soares está atualmente no Santo André (SP), que disputa o Troféu do Interior. Logo após o término da competição, ele desembarca em Goiânia para preparar o verde para a Série B.

Além de Santo André, o novo treinador do Goiás já passou por Bahia, Atlético Paranaense, Ceará, Ponte Preta, Avaí, entre outras equipes. Fora do Brasil, Sérgio Soares já comandou o Cerezo Osaka, do Japão. Como treinador, essa é a primeira passagem de Sérgio Soares pelo Goiás. Como jogador, ele defendeu a equipe no ano de 1997.

“Tenho certeza que se o Goiás escolheu ele, é porque é uma pessoa extremamente capacitada para vir nos ajudar em busca do objetivo principal do ano, que é o acesso a Série A’’, disse o goleiro Marcelo Rangel sobre o novo treinador do Goiás.

Campeonato Goiano

Após a folga no final de semana, o Goiás se reapresentou ontem no CT Edmo Pinheiro. O time treinou em dois períodos, visando o duelo contra o Itumbiara, no domingo (9). A partida é válida pela última rodada da fase de grupos do Goianão.

Mesmo sem entrar em campo, o esmeraldino se manteve na liderança do Grupo A. O verde contou com o tropeço do rival Vila Nova, que foi derrotado pelo próprio Itumbiara.

Para essa partida, o time não vai poder contar com dois jogadores, Victor Bolt e Fabio Sanches. O primeiro foi expulso no duelo contra o Iporá, já o segundo recebeu o terceiro cartão amarelo. Carlos Eduardo, que se lesionou na última partida, é desfalque. Quem faz companhia a ele no departamento médico é Tiago Luis. Quem tem chance, ainda que remota de voltar ao time é Léo Gamalho. No entanto, Tiago Luis e Léo Gamalho devem ter condições de jogo contra o Fluminense, pela Copa do Brasil.

Veja Também

José Eliton lança programa para a Pessoa com Deficiência e Carteira de Identificação do Autista

“Pela primeira vez, nosso estado cria condição efetiva de participação das entidades. Isso nos dá ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *