Home / Notícias e Destaques / Polícia conduz coercitivamente mais oito pessoas em Goiatuba
.

Polícia conduz coercitivamente mais oito pessoas em Goiatuba

Delegados Ricardo Chueire e Patrick Carniel detalham operação. (Foto: governo de Goiás / Divulgação)

A Polícia Civil deu sequência à Operação Dolos nesta quinta-feira, 9. Oito pessoas foram conduzidas coercitivamente para prestar depoimento. Na quarta-feira, 8, o ex-prefeito de Goiatuba, Fernando Vasconcelos, a advogada Renata Nascimento Araújo Pinto e o contador Gilberto Francisco Silva foram presos.

A operação investiga desvios de recursos públicos na prefeitura de Goiatuba. Fernando chegou a ser afastado do cargo em abril do ano passado.

O prazo das prisões dos três suspeitos tem o prazo de cinco dias. Os mandatos foram expedidos pelo Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) em Goiatuba.

O delegado responsável pelo caso, Patrick Carniel, explica como funcionava o esquema. Ele conta que falsas atas da Justiça do Trabalho eram protocoladas na prefeitura, que efetuava o pagamento. O contador Gilberto recebia a falsa documentação e o ex-prefeito autoriza o pagamento.

Veja Também

José Eliton lança programa para a Pessoa com Deficiência e Carteira de Identificação do Autista

“Pela primeira vez, nosso estado cria condição efetiva de participação das entidades. Isso nos dá ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *