Home / Notícias e Destaques / Prefeito de São Francisco de Goiás é condenado por pintar órgãos públicos com cores do partido
.

Prefeito de São Francisco de Goiás é condenado por pintar órgãos públicos com cores do partido

luiz-antonio

 

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Goiás, seguindo o voto do desembargador Zacarias Neves Coelho, condenou o prefeito de São Francisco de Goiás, Luiz Antônio da Paixão (PMDB), por ato de improbidade administrativa. Ele havia sido denunciado pelo Ministério Público de Goiás após ter pintado prédios públicos com as cores de seu partido, com objetivo de promoção pessoal.

O prefeito foi condenado ao pagamento de multa civil no valor de 40% da remuneração percebida na época dos fatos, suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público pelo prazo de três anos, além de ter que repintar os prédios coloridos de amarelo e vermelho, sob pena de R$ 2 mil.

Em sua defesa, Luiz Antônio disse que as cores foram escolhidas de forma aleatória, junto aos demais secretários municipais, não visando à promoção de determinado partido ou sua própria figura pública.

O desembargador Zacarias Coelho, porém, afirmou ser impossível dissociar as cores escolhidas pelo gestor das que representam o partido, já que possuem tonalidades idênticas. Disse ainda que, conforme os princípios da impessoalidade e moralidade, poderiam ter sido utilizadas as cores da bandeira do município, ou seja, verde, amarelo e marrom.

Conforme ação do MP, edificações públicas municipais, alambrados do campo de futebol e da horta municipal, placas indicativas e as hastes dos postes de iluminação foram pintados nas cores do partido durante a gestão do prefeito. Para o desembargador, o objetivo seria promover futura campanha eleitoral, associando obras públicas à sua figura.

Veja Também

José Eliton lança programa para a Pessoa com Deficiência e Carteira de Identificação do Autista

“Pela primeira vez, nosso estado cria condição efetiva de participação das entidades. Isso nos dá ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *