Home / Política / ELEIÇÕES 2018 / ZÉ ELITON: NÃO FAREI COMPROMISSOS QUE NÃO PODEM SER CUMPRIDOS
.

ZÉ ELITON: NÃO FAREI COMPROMISSOS QUE NÃO PODEM SER CUMPRIDOS

 

O governador Zé Eliton comemorou os resultados do balanço operacional do programa Goiás Seguro, de Goiânia, apresentados pela secretaria de Segurança Pública, na manhã desta terça-feira, 21. “A sensação é de dever cumprido. Não esperem desse governador compromissos que não podem ser cumpridos”, disse ao se referir a acentuada redução nos indicadores de violência na capital.


Os resultados do plano de segurança Goiás Seguro, apresentados no Tatersal de Elite, da Pecuária de Goiânia, demonstraram grandes reduções nos indicadores de violência monitorados pelos observatórios. 

Foto: Divulgação


Em Goiânia, no comparativo dos oito primeiros meses de 2017 e 2018, todos os indicadores, exceto o estupro que não apresentou alteração, foram reduzidos. O destaque é para roubo a comércio, que caiu de 140 ocorrências para 52. Houve também redução de 60,53% nas tentativas de homicídios na capital. Já as ocorrências de roubo a veículo e a residência apresentaram queda de 59% e 57%, respectivamente. O número de homicídios caiu de 42 para 22.

Graças ao programa Batalhão de Terminal, implementado pelo governador Zé Eliton, foram reduzidos os roubos em transporte coletivo em 52,32% e de furtos aos usuários em 19,32%, no mesmo período, totalizando uma queda de 79% nas ocorrências.

Ao comemorar as acentuadas reduções nos índices de violência, em Goiânia, o secretário de Segurança Pública, Irapuan Costa Jr., agradeceu ao governador Zé Eliton pelo incessante apoio à área e a todos os policiais que trabalharam arduamente para alcançar esses excelentes resultados, em especial o tenente-coronel Ricardo Mendes, que comanda o policiamento da capital.

“Esses resultados não são tão expressivos em nenhum outro estado da Federação, porque em Goiás nos unimos em torno de um governo sério e honesto que cumpre sua missão de dar segurança aos goianos”, disse Irapuan.

Honrado e orgulhoso, o governador Zé Eliton afirmou não ter dúvidas de que as forças de segurança de Goiás são as melhores do Brasil. “O planejamento operacional das forças de segurança estabeleceu um acompanhamento constante em relação às metas estabelecidas e aos resultados. Hoje, aqui, encerramos um ciclo, em que as metas afixadas foram atingidas”, falou.

Zé Eliton destacou a redução no crime de homicídios e tentativa e afirmou que a meta agora é diminuir ainda mais esse tipo de ocorrência.  “Mas, é importante deixar claro que todos os indicadores são alvo de atenção. Os resultados são bons, mas podem ser melhores ainda. É para isso que nós continuamos a trabalhar com afinco”, ressaltou.

Para Zé Eliton, que sempre teve como prioridade a Segurança Pública e que já conduziu a pasta, enquanto vice-governador, é preciso dar passos seguros e firmar compromissos com real capacidade de realização. “Passo firme e seguro se dá de acordo com o tamanho de suas pernas. Não esperem deste governador compromissos que não podem ser cumpridos, varinha de condão para resolver todos os problemas, bravatas e ilusões, mas podem esperar compromisso, lealdade, força de vontade e determinação”, falou, ao parabenizar as forças de segurança de Goiás.

O governador ainda parabenizou a Polícia Civil pelo alto índice de resolutividade de crimes, à Polícia Militar pela conduta sempre firme e eficaz no combate à violência e ao crime, seja nas ações de repressão ou de estratégia. “Também agradeço as ações da Polícia Técnico-Científica, dos Bombeiros, do Procon e de todos os segmentos da sociedade civil que se empenharam para o sucesso do Goiás Seguro”, finalizou.

O evento também contou com a presença dos comandantes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, Silvio Vasconcelos e Márcio André, respectivamente, o delegado Anderson Pimentel, representando a delegacia geral da Polícia Civil, a presidente da Metrobus, Daniela Malaspina, policiais militares e civis e demais autoridades.

Goiás Seguro 
O “Goiás Seguro”, programa criado pelo Governo de Goiás, é composto por ações, processos, projetos estratégias e programas sociais, através da integração das forças estaduais de segurança com a colaboração das instituições e órgãos federais e municipais e com a efetiva participação da sociedade.

Em Goiás, na estatística dos 12 indicadores criminais prioritários, houve redução em 11 deles na comparação com os números obtidos de janeiro a agosto deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. O mais significativo foi o de roubo a comércio, com diminuição de 46,77%.

Os outros números satisfatórios são: homicídio -13,41%; tentativa de homicídio -23,44%; latrocínio – 8,52%; roubo a transeunte – 34,41%; roubo de veículo – 32,42%; roubo em residência – 37,22%; furto de veículo – 9,45%; furto em comércio – 18,26%; furto em residência – 18,69% e furto a transeunte – 21,30.

Um dos destaques das ações integradas de segurança pública foi a expressiva diminuição no número de roubos e furtos de veículos na capital, que saiu da média de 832 por mês para, em agosto deste ano, atingir 16 ocorrências, uma redução de 80%.
Outro dado relevante apresentado foi o índice obtido pelo Pró-Carga. Há sete meses não há o registro de nenhum caso de roubo de carga de combustíveis e há um ano e dois meses não houve nenhuma ocorrência de roubo de carga de carnes e derivados.

Até o final de 2017 eram contabilizados de três a quatro roubos de cargas de cigarros por mês. Após a prisão de 15 membros de uma organização criminosa, não houve mais ocorrência desta natureza no Estado. O total de carga recuperada soma R$ 22 milhões.

No período de três anos e meio, o governo do Estado realizou concursos públicos para aumentar em 3.834 o efetivo das polícias militar, civil, técnico científica e o Corpo de Bombeiros. Só neste ano foram adquiridas 599 novas viaturas para atender a todas as forças policiais do Estado.

Número igualmente satisfatório foi conseguido com a diminuição de ocorrências na zona rural. Através do programa Pró Rural, de janeiro a agosto deste ano caiu em 26,52% o número de roubos na zona rural.

Veja Também

Secretaria de Governo tem novo titular

  A mudança de secretário ocorre pouco menos de três meses antes do término da ...

2 Comentários

  1. Cumpridos. No título está “compridos”, de comprimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *